+55 84 3207 1069
Siga-nos
  • Português

Blog de Automação Industrial da Logique

  • Início
  • Blog
  • SCRUM: entenda o conceito, componentes e benefícios deste framework

SCRUM: entenda o conceito, componentes e benefícios deste framework

Scrum, Sprint, Product Owner, Scrum Master… Vem entender todos os significados e benefícios por trás desta metodologia ágil nesse post!

Quando se fala em metodologias ágeis, Scrum é certamente um dos primeiros nomes que vem à mente. Isso porque o seu uso é amplamente difundido por todo o mundo. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela CollabNet VersionOne em 2018 com empresas de tecnologia, 54% destas utilizavam o Scrum dentro de seus projetos. 

Todo esse sucesso advém de uma série de fatores trabalhados, e resultados gerados pela metodologia. E é então sobre isso que vamos discutir nesse post, as principais características e benefícios em torno do Scrum.

Continue lendo e entenda sobre!

 

O que é o Scrum e como ele funciona? 

O Scrum é um framework ágil aplicado ao gerenciamento de projetos. Sua principal particularidade é ser capaz de tornar mais simples o desenvolvimento de projetos complexos. Mas como isso acontece?

A princípio, precisamos entender a estrutura de atividades do Scrum, onde temos uma série de elementos chaves. 

O primeiro deles é o Product Backlog. Ele nada mais é do que um documento com o conjunto de requisitos do produto final. 

No caso de um software, onde a aplicação do Scrum é muito comum, o Product Backlog é então o conjunto de funcionalidades que este software precisa desempenhar. Neste documento, as funções requeridas são organizadas por ordem de importância. Sendo assim, podem se basear no valor percebido, risco e nível de conhecimento.

O Scrum decompõem assim o projeto em pequenos subprodutos do mesmo. Ou seja, o trabalho é pensado e desenvolvido em partes menores, que são justamente os requisitos ou grupos de requisitos que foram elencados anteriormente no Product Backlog

Esses subprodutos são desenvolvidos a cada Sprint, que são as iterações realizadas ao longo do desenvolvimento do projeto. Cada uma destas iterações deve ter data definida para início e fim, não ultrapassando 1 mês de duração. 

O conjunto de atividades a serem desenvolvidas em cada Sprint é chamado então de Sprint Backlog

Há ainda a realização de reuniões diárias rápidas, em cerca de 15 minutos, chamadas de Daily Scrum. As mesmas devem ser realizadas com todos os participantes de pé para estimular sua rapidez e praticidade.

Daily Scrum é essencial para manter o controle das atividades, alinhar o time, e estimular a constante troca de conhecimento. São tratados pontos como: quais as atividades foram desenvolvidas naquele dia, quais os próximos passos, quem os realizará, retirada de dúvidas e compartilhamento de aprendizados.

No final de cada Sprint é realizado Sprint Review Meeting, que apresenta então os resultado obtidos durante aquele período, e o Sprint Retrospective, que aponta os acertos, erros e como pode-se corrigir e otimizar o que foi desenvolvido. 

A cada iteração deve ser realizada a entrega de um ou mais itens de valor para o cliente. Este deve dar o feedback sobre o que foi desenvolvido, ajudando ativamente a desenvolver o produto ideal de acordo com as suas necessidades.

Ao final desse processo cíclico, temos então o desenvolvimento completo de um produto.

 

Papéis dentro do Scrum

Dentro do Scrum, temos 3 funções essenciais e que, sem estes, sua prática não é possível.

Product Owner

Dentro de um projeto, o Product Owner possui uma maior compreensão acerca do produto final, suas características e funcionalidades. Dessa forma, ele é o ponto mais próximo entre o time que compõe o projeto e o cliente.

Diante disso, adquire então o papel de liderança e autoridade dentro do projeto. Encarrega-se do planejamento, avaliação de risco, avaliação da qualidade e ordem de execução das atividades a serem realizadas. 

Além disso, ainda deve ser claro, disponível e colaborar diretamente com os demais membros do time para que o sucesso seja atingido, motivando sempre a equipe.

Scrum Master

Este tem o papel de adequar ao máximo o Scrum aos projetos a serem realizados. Para isso, deve guiar todo o time para compreensão e aplicação eficiente da metodologia, facilitar a resolução de problemas e reduzir interferências externas no processo.

Deve também promover a integração e compreensão entre o Product Owner e os demais integrantes do time. Ainda é essencial que o Scrum Master esteja sempre atento e mantenha as informações sobre o projeto e seu andamento de forma organizada, clara e visível para toda equipe. 

Entretanto, o Scrum Master não atribui tarefas, pois esta é uma responsabilidade do próximo papel a ser discutido. Sua função é muito mais de facilitador e impulsionador nas atividades e decisões a serem tomadas de forma conjunta.

Time Scrum

É o time responsável pelo desenvolvimento do projeto. É composto por poucas pessoas, geralmente entre 5 e 9, para diminuir as possibilidades de falha de comunicação entre elas.

Os próprios componentes devem organizar de forma conjunta suas atividades e responsabilidades. Autonomia e multidisciplinaridade são essenciais para tomada de decisão de forma ágil e precisa.

 

Quando usar o Scrum?

As metodologias ágeis, de forma geral, foram desenvolvidas para aplicação no âmbito do desenvolvimento de softwares. Entretanto, seu sucesso atingiu outros projetos e não foi diferente com o Scrum. Mas como saber se ele é aplicável ao meu projeto?

O Scrum é ideal para projetos complexos. Ou seja, que demandem diversas áreas de conhecimento, possuam maior nível de incerteza e de duração. Além disso, é imprescindível que a empresa possua uma cultura de inovação e criatividade para que sua aplicação flua da melhor forma.

Atualmente esta metodologia é utilizada por empresas de software, agências de marketing, empresas de consultoria e até mesmo o FBI. 

 

Benefícios do Scrum

A essa altura do post, você já deve imaginar algum as das vantagens da aplicação do Scrum. Vamos então deixá-las ainda mais clara nos tópicos a seguir.

Maior agilidade

Obviamente, o maior alvo das metodologias ágeis. E algumas características do Scrum influenciam diretamente nisso.

A primeira delas é a divisão do trabalho. Organizar o projeto em Sprints traz muito mais foco e organização, evitando que a equipe se perca ao longo das atividades e realize tarefas desnecessárias ou que não eram interessantes para o momento.

Equipes menores também promovem esse aumento dessa agilidade. A comunicação é mais rápida, direta e sofre menos interferência. Além disso, ainda proporciona o aumento da criatividade e a quebra de barreiras organizacionais.

Aumento da flexibilidade

Mais uma consequência da organização por Sprints e a participação do cliente no desenvolvimento do produto.

Nos projetos tradicionais, temos a conduta de desenvolver todo o produto e sua validação por parte do consumidor ser realizada apenas no momento da entrega. Já no Scrum, o que foi realizado é constantemente revisado e avaliado pela equipe e pelo cliente. 

Isso permite ajustar o projeto de forma contínua de acordo com o que for mais interessante para atender a demanda pretendida. Essa flexibilidade ao longo do desenvolvimento garante ainda redução no retrabalho devido ao maior alinhamento entre expectativas do cliente e o que é de fato produzido. 

Maior transparência

No Scrum, todas as informações são compartilhadas de forma clara entre todos os componentes da equipe. Todos conseguem enxergar a atual situação do projeto e tomar decisões mais assertivas a cada etapa. Isso é possível também graças à utilização do quadro de tarefas. Este então apresenta de forma visual todas as atividades desempanhadas pelo grupo, seus responsáveis, prazos e andamentos.

E transparência traz uma série de vantagens para equipe e o que está sendo desenvolvido, como maior segurança, confiança, adaptação, capacidade de avaliação e engajamento da equipe, que será discutido a seguir,

Aumento do engajamento da equipe

Esse fato não está apenas atrelado à transparência. Além disso, ainda temos como fator relevante a independência dos componentes da equipe. Um ambiente que promove maior autonomia tende a ser mais ágil e despertar maior interesse e senso de responsabilidade por parte dos atuantes.

Podemos apontar também como ponto-chave para esse engajamento o menor atrito entre a equipe devido à comunicação mais rápida e clara.

Além disso, ainda temos o Product Owner atuando como componente motivador dentro do time.

Entrega de valor para o cliente

Qual o cenário ideal? Entregas constantes e validadas, garantindo um projeto final adequado, ou uma única entrega com risco de falta de alinhamento entre o que foi feito e as expectativas do cliente?

A entrega de valor constante traz uma percepção muito maior de eficiência do que uma única entrega final. Isso engaja o cliente, o coloca como peça no desenvolvimento e garante maior adequação às suas necessidades.

 

Para finalizar

Chegamos ao final de mais um post e eu espero que você tenha compreendido de forma clara o que é o Scrum e como você pode se beneficiar com a aplicação. 

Ainda temos aqui no blog uma categoria com assuntos importantes sobre tecnologia que podem te ajudar a otimizar seus processos. Não deixe de conferir e estar ainda mais a par sobre o tema!

Ficou com dúvida? Quer sugerir alguma pauta? Manda um e-mail para paula.andrade@logiquesistemas.com.br que será um prazer te ajudar!


Postado por Ana Paula Andrade

Um pouco sobre o autor (a): Graduanda em Engenharia de Produção que caiu por um acaso no mundo do marketing digital.


Postagens relacionadas


Receba o nosso feed

Fique por dentro das novidades

Prometemos não enviar spam.
© 2016. «Logique Sistemas». Todos os direitos reservados