+55 84 3207 1069
Siga-nos
  • Português

Blog de Automação Industrial da Logique

  • Início
  • Blog
  • Entenda tudo sobre a integração na indústria 4.0 e conheça as integrações horizontal e vertical

Entenda tudo sobre a integração na indústria 4.0 e conheça as integrações horizontal e vertical

Saiba como a indústria 4.0 pretende conectar tudo tanto internamente quanto externo à fábrica

Quer saber o que a integração na indústria 4.0 está relacionado? Imagine uma refinaria que consegue adaptar a sua produção de acordo com o preço do barril de petróleo no mercado. Quando o preço do barril está alto, a produção aumenta e vice-versa.

Dessa forma, a refinaria conseguiria controlar a sua produção para alcançar o máximo da lucratividade.

A maneira como tudo isso se conecta de forma automatizada está totalmente relacionado a integração na indústria 4.0. A ideia por trás deste conceito é interconectar também o que está fora da fábrica, como logística, distribuição, mercado financeiro e afins.

Tendo em vista este cenário, existem duas classificações de integração na indústria 4.0, a integração vertical e horizontal.

A integração horizontal é sobre sistemas de TI e fluxos na cadeia de fornecimento/valor, incluindo os vários processos que passam por ela. Já a integração vertical possui um componente de nível hierárquico internamente à fábrica.

Esclarecendo a integração na indústria 4.0, a integração horizontal está relacionada com a conexão entre a fábrica e toda cadeia de valor externa à planta. Enquanto isso, a integração vertical permite que todos os níveis da fábrica estejam conectados, do chão de fábrica até os executivos.

Portanto, o objetivo deste artigo é explicar melhor como funciona a integração na indústria 4.0. Dessa forma, entendendo melhor as tendências para o futuro, você pode se preparar melhor.

 

Integração horizontal na indústria 4.0

Conforme explicamos anterior, a integração horizontal é sobre a digitalização em toda a cadeia de suprimentos/valor. Quando falamos digitalização, isso quer dizer que a troca de dados e os sistemas de informação conectados entre os envolvidos na cadeia são essenciais.

Como você pode imaginar, não é fácil pensar em todos os dados que devem ser analisados e trocados com os fornecedores. Se já é difícil internamente, imagine para toda a cadeia de valor.

Este será um desafio para todas as organizações, industriais ou não. Por isso, as indústrias que se preocuparem em estudar mais sobre essa integração na indústria 4.0, terão grandes chances de explorarem um oceano azul pela frente.

integração na indústria 4.0

Fonte: I-scoop

Como pode ser observado, a imagem representa a integração horizontal na indústria 4.0. Indo além da própria fábrica, conectando-se também com parceiros externos para entregar um melhor serviço ao cliente. Todas as etapas da imagem podem e devem ser automatizadas para integração.

Embora ainda se tenha muitos estudos a fazer, essa integração é fundamental para a indústria 4.0 e os negócios em geral.

Os benefícios e drivers para esta necessidade de sistemas de informação conectados horizontalmente são bastante comparáveis aos que encontramos no gerenciamento de informações, assim como as desvantagens se os sistemas não estiverem integrados.

Estamos falando sobre atendimento ao cliente e satisfação (com muitos clientes nas cadeias de suprimentos), planejamento, produtividade e satisfação dos funcionários, velocidade e assim por diante.

O gerenciamento de informações permite que as indústrias tenham novos insights a partir de dados que antes não eram gerenciados. Agora, vamos pensar nos benefícios para o cliente.

Ao monitorar toda cadeia de valor, passa-se a monitorar inúmeras informações que vão colaborar na entrega do produto ao cliente. Ao prestar um serviço de melhor qualidade, aumenta-se a satisfação do cliente.

Do ponto de vista do atendimento ao cliente, a sua indústria consegue ter uma maior taxa de retenção. Ou seja, com clientes mais satisfeitos, eles passarão a ser defensores da sua marca.

É exatamente o mesmo na indústria 4.0 e na fabricação. Sendo que ao invés de olhar só para si mesmo, estamos falando de mais partes interessadas. Ou seja, processos altamente interdependentes, com mais partes interessadas, muito mais processos, dados e assim por diante.

Portanto, fica claro que a integração horizontal contribuirá para a colaboração, redução de custos, criação de valor, velocidade (no atendimento e nas operações) e para possibilidades de criar ecossistemas horizontais de valor, com base em informações.

integração na indústria 4.0

Fonte: I-scoop

No entanto, não é por isso que será fácil. Pergunte a qualquer organização em qualquer setor. Por último, mas não menos importante: não estamos apenas falando de informações. É o conhecimento, idéias e ações que são importantes no final.

 

Integração vertical na indústria 4.0

Depois de falarmos sobre a horizontal, vamos estudar agora a outra integração na indústria 4.0. A integração vertical trata da integração de sistemas de TI em vários níveis de produção e fabricação hierárquico, em uma solução abrangente.

Os níveis hierárquicos encontrados na indústria são:

 

1- Nível de campo (chão-de-fábrica): Interface com o processo de produção através de sensores e atuadores.

 

2- Nível de controle: Regulação tanto das máquinas quanto dos sistemas.

 

3- Nível de produção: O que precisa ser monitorado e controlado.

 

4- Nível de operações: Planejamento de produção, gerenciamento de qualidade e assim por diante.

 

5- Nível de planejamento empresarial: Gerenciamento e processamento de pedidos, maior planejamento geral da produção, monitoramento de desempenho da fábrica e etc.

 

integração na indústria 4.0

Fonte: I-scoop

Logo, as soluções e tecnologias típicas na integração vertical são:

  • PLCs: Responsáveis por controlar os processos de fabricação e se encontram no nível de controle.
  • SCADA: Sistema que permite monitorar, controlar e supervisionar várias tarefas de nível de produção.
  • MES: É um sistema de execução de fabricação para o gerenciamento do nível operacional da planta.
  • ERP: É o sistema inteligente da empresa para o nível de planejamento empresarial, o nível mais alto da hierarquia.

 

Preparado para a integração na indústria 4.0?

Portanto, com a integração na indústria 4.0 a conexão entre esses níveis levará as indústrias para um novo patamar. Com mais dados para analisar e monitorar internamente à planta, menores serão os custos de produção e maior a produtividade.

Esperamos com esse artigo que você tenha tido uma visão mais clara da integração que a indústria 4.0 propõe tanto internamente quanto externamente à fábrica.

Por fim, a colaboração contribuirá para um melhor serviço por parte da cadeia de valor e uma maior satisfação dos clientes.

Caso tenha ficado qualquer dúvida sobre o assunto, pode conversar comigo através do matheus.romano@logiquesistemas.com.br. Ficarei muito feliz em ajudá-lo.

Fique à vontade também para compartilhar este conteúdo com o colega que você sabe que adoraria lê-lo.


Tags: Automação Industrial Indústria 4.0 Integração na indústria 4.0

Postado por Matheus Romano

Um pouco sobre o autor (a): Graduando em Engenharia Química na UFRN e ex-diretor Comercial e de Marketing na NuTEQ, sou apaixonado por desafios, viagens, músicas e esportes. Atualmente sou responsável pelo processo de Inbound Marketing na Logique Sistemas.


Postagens relacionadas


Receba o nosso feed

Fique por dentro das novidades

Prometemos não enviar spam.
© 2016. «Logique Sistemas». Todos os direitos reservados